Colômbia prolonga quarentena obrigatória até 27 de abril

  • Por Jovem Pan
  • 06/04/2020 22h55
EFEIván Duque, presidente da Colômbia, estendeu a quarentena no país

O presidente da Colômbia, Iván Duque, anunciou que o país prolongará a quarentena iniciada no país em 25 de março para conter a propagação do novo coronavírus, será prolongada até a 00h de 27 de abril.

“Quero apelar a todos vocês para que façam um esforço suplementar pela vida, pela saúde, e é a decisão de manter para depois de 13 de abril, até 27 de abril, o isolamento preventivo obrigatório”, disse, em seu programa diário de televisão para falar sobre as medidas contra a pandemia de Covid-19.

O presidente salientou o efeito positivo da medida, ao mesmo tempo que considera prudente alargar o isolamento. “Este é um exercício de inteligência coletiva, e temos de continuar garantindo que todos compreendemos que esta pandemia não é uma questão de alguns dias, de algumas semanas ou de um mês”, declarou.

As mortes por Covid-19 na Colômbia aumentaram para 46 – 11 notificações só nas últimas 24 horas, o número mais elevado em um único dia, enquanto o Ministério da Saúde confirmou mais 94 infecções. O número de casos em todo país chegou a 1.579.

Segundo Duque, a quarentena estendida permitirá que mais vidas sejam salvas com a quebra do crescimento exponencial da pandemia e o reforço no sistema de saúde. “Esta é uma decisão tomada com base nestas recomendações e nestas análises de peritos, mas também no apoio da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas) e da Organização Mundial de Saúde (OMS)”, destacou.

* Com EFE