Com categoria máxima, furacão Dorian toca terra nas Bahamas; veja vídeos

  • Por Jovem Pan
  • 01/09/2019 15h33 - Atualizado em 01/09/2019 16h03
EFEAs previsões indicam que o Dorian mudará de rota antes de chegar aos EUA, se desviando da Flórida para percorrer por toda a costa sudeste do país

O olho do furacão Dorian, que atingiu a categoria 5, a máxima da escala Saffir-Simpson, tocou terra neste domingo na região Elbow Cay, que fica nas ilhas Ábaco, ao norte do arquipélago das Bahamas. Em um boletim especial, o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (NHC) informou que o Dorian chegou a Elbow Cay às 12h40 no horário local (13h40 em Brasília), com ventos máximos sustentados de 295 km/h.

Segundo o NHC, o Dorian é o furacão mais forte que já atingiu o arquipélago das Bahamas desde quando os dados sobre os fenômenos climáticos na região são registrados.

O furacão avança lentamente pelo leste das ilhas Ábacos, a apenas 13 km/h, um padrão de movimento que leva os meteorologistas a prever que ele poderia permanecer por mais de 24 horas na região, que se prepara para o pior.

O Dorian deve provocar uma forte ressaca na região, elevando o nível do mar em até 7 metros acima do normal nas ilhas Ábaco e na Grande Bahama. O NHC afirma que os dois locais serão atingidos por “grandes e destrutivas ondas” por várias horas.

Além disso, o furacão levará fortes chuvas à região. O NHC prevê que deve chover 760 milímetros nas próximas áreas em regiões isoladas do noroeste do arquipélago, o que pode provocar inundações.

As previsões continuam indicando que o Dorian mudará de rota antes de chegar aos Estados Unidos, se desviando da Flórida para percorrer, enquanto perde força, por toda a costa sudeste do país. Desta forma, também estão no caminho do furacão os estados da Geórgia, da Carolina do Sul e da Carolina do Norte.

Apesar do possível desvio da trajetória, as autoridades da Flórida decretaram a evacuação obrigatória de partes dos condados de Marion e Palm Beach, no sul do estado.

Um vídeo publicado nas redes sociais pela agência de notícias BNO News mostra os danos catastróficos do furacão quando em passagem pelas ilhas Abaco. “AVISO: Não vá para fora quando estiver passando o olho do furacão. Você pode ser pego quando ventos violentos retornaram na posição oposta”.

Flórida

 

*Com informações da EFE