Congresso da Venezuela declara nula criptomoeda de Maduro

  • Por Estadão Conteúdo
  • 10/01/2018 11h55 - Atualizado em 10/01/2018 11h56
EFE/AVNReunião da Assembleia Nacional Constituinte da Venezuela

A Assembleia Nacional da Venezuela – de maioria opositora – declarou nesta terça-feira ilegal a criptomoeda lançada pelo governo, alegando violação da Constituição.

Sem a presença de deputados governistas, o Congresso aprovou um acordo em que se declarou “nulo” o decreto em que o presidente Nicolás Maduro criou a criptomoeda “petro”.

Os congressistas opositores disseram ao governo que recorrer à emissão da criptomoeda para “evitar o controle sobre as operações da dívida pública” é obter financiamento “de forma ilegal”. Fonte: Associated Press.