Congresso dos EUA veta US$ 1 bilhão que Pentágono autorizou para muro

  • Por Jovem Pan
  • 26/03/2019 16h05
EFEDecisão do Pentágono foi tomada durante o estado de emergência nacional decretado em fevereiro pelo presidente Donald Trump

Comitê de Serviços Armados da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos negou nesta terça-feira, 26, uma solicitação do Departamento de Defesa para destinar US$ 1 bilhão para construção do muro na fronteira com o México.

A decisão de autorizar a destinação de US$ 1 bilhão para a construção do muro, anunciada pelo Pentágono, foi contrariada pelo presidente do Comitê, o democrata Adam Smith. “O Departamento de Defesa está tentando burlar o Congresso e o povo americano. O Exército está pagando o preço”, criticou Smith em comunicado divulgado nesta terça-feira.

Em carta enviada ao Pentágono, o Comitê disse que não aprova o uso de recursos proposto pelo Departamento de Defesa para construir barreiras adicionais e estradas na fronteira.

A decisão do Pentágono foi tomada durante o estado de emergência nacional decretado em fevereiro pelo presidente Donald Trump, com o objetivo de conseguir mais verbas para erguer a o muro fronteira com o México, sua principal promessa de campanha eleitoral de 2016.

Esse US$ 1 bilhão, informou o Pentágono, serviria para construir 92 quilômetros de muro com 5,5 metros de altura nas regiões de Yuma (Arizona) e El Paso (Texas), assim como para melhorar vias e instalar iluminação nestes dois pontos da fronteira.

*Com EFE