Conselheiro de aiatolá morre de coronavírus no Irã; país já relata 1,5 mil casos

  • Por Jovem Pan
  • 02/03/2020 09h40
EFE/EPA/SU YANG CHINA OUTO Irã tem o maior saldo de mortos por coronavírus no mundo depois da China, epicentro do surto

O Irã relatou nesta segunda-feira (2) que o número de casos confirmados de coronavírus no país atingiu 1.501, resultando em 66 mortes. Entre as vítimas fatais, está Mohammad Mirmohammadi, que faleceu nesta segunda.

Ele integrava um conselho que faz recomendações ao líder supremo do Irã, o aiatolá Ali Khamenei, de acordo com a rádio estatal iraniana. Trata-se do primeiro caso de morte de uma autoridade iraniana desde o início do surto da doença no país.

O Irã tem o maior saldo de mortos por coronavírus no mundo depois da China, epicentro do surto.

*Com informações do Estadão Conteúdo