Coreia do Norte culpa ‘coisas alienígenas’ por surto de Covid-19 próximo da fronteira com o Sul

Depois de dois anos sem registrar casos da doença, mais de 4 milhões de pessoas apresentaram sintomas nos últimos três meses

  • Por Jovem Pan
  • 01/07/2022 01h06
Kyodo/via REUTERS morte por covid na coreia do norte Coreia do Norte enfrenta primeiro surto de Covid-19 desde o início da pandemia, em 2020

A Coreia do Norte disse que o surto de Covid-19 no país começou depois que os pacientes tocaram em ‘coisas alienígenas’ perto da fronteira com a Coreia do Sul. A declaração foi dada nesta sexta-feira, dia 1º, e tem como objetivo ‘culpar’ o vizinho pela onda de infecções que atingiu o país. Os dois são grandes inimigos. A Coreia do Norte ainda ordenou que a população “lidasse vigilantemente com coisas alienígenas que vêm pelo vento e outros fenômenos climáticos e balões nas áreas ao longo da linha de demarcação e fronteiras”. Segundo a mídia estatal KCNA, um soldado de 18 anos foi o responsável por encontrar os materiais não identificados em uma colina próximo do condado de Kumgang e depois disso testou positivo para a doença. Desde abril, o país registrou 4,74 milhões de pessoas com o vírus.