Coreia do Norte retoma reconstrução de estação para lançamento de mísseis

  • Por Jovem Pan
  • 06/03/2019 10h10
Agência EFEmagens de satélites detectaram uma nova atividade na área de Sohae, noroeste da Coreia do Norte apenas dois dias depois de a cúpula entre o líder norte-coreano Kim Jong-un e o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ter terminado de forma abrupta e sem acordo

A Coreia do Norte retomou a reconstrução de uma área de lançamento de satélites, informou nesta quarta-feira (6) o Centro de Estudos Estratégicos e Internacionais americano. Essa região não registrava atividades desde agosto do ano passado.

Imagens de satélites detectaram uma nova atividade na área de Sohae, noroeste da Coreia do Norte apenas dois dias depois de a cúpula entre o líder norte-coreano Kim Jong-un e o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ter terminado de forma abrupta e sem acordo. O segundo encontro entre Kim e Trump ocorreu no dia27 de fevereiro, no Vietnã, e terminou antes do previsto.

Segundo o presidente norte-americano, Kim exigiu o fim de todas as sanções impostas ao seu regime, algo com o qual Trump não concordou. Apesar disso, o republicano disse que Kim se comprometeu a não retomar os testes com mísseis balísticos e que confia na palavra dele.

O representante especial dos Estados Unidos para a Coreia do Norte, Stephen Biegun, que liderou os esforços de negociação antes da cúpula, deve se encontrar nesta quarta-feira com negociadores sul-coreanos e japoneses.

No início desta semana, o secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, disse acreditar que Washington enviará uma delegação à Coreia do Norte nas próximas semanas. Porém, houve um alerta do assessor especial da Casa Branca John Bolton, sobre a possibilidade de elevar as sanções contra os norte-coreanos.

*Com informações da Agência Brasil