Coreia do Sul interrompe propaganda anti-Coreia do Norte antes de reunião

  • Por Estadão Conteúdo
  • 23/04/2018 16h57
EFEEm nota, Ministério da Defesa da Coreia do Sul disse esperar que a mudança acabe com as propagandas de ambos os lados
A Coreia do Sul interrompeu nesta segunda-feira (23) a emissão de propaganda contra a Coreia do Norte na fronteira, no momento em que os dois países fecham detalhes para um encontro de líderes. A reunião, prevista para esta sexta-feira, deve ter um foco no programa nuclear do regime de Pyongyang.

O governo sul-coreano tem usado alto-falantes para emitir propaganda e músicas do pop sul-coreano (K-pop) desde que os norte-coreanos fizeram seu quarto teste nuclear, no início de 2016. A Coreia do Norte, por sua vez, passou a lançar balões com folhetos contra a Coreia do Sul do outro lado da fronteira.

A Coreia do Sul interrompeu essas transmissões na segunda-feira para reduzir a tensão militar e estabelecer um ambiente de diálogo pacífico, de acordo com nota do Ministério da Defesa de Seul. O país disse esperar que isso interrompa a propaganda dos dois lados.

A agência Yonhap, citando uma fonte do governo, disse que a Coreia do Norte aparentemente interrompeu boa parte de suas emissões de propaganda nesta segunda-feira.

O líder norte-coreano, Kim Jong-un, e o presidente sul-coreano, Moon Jae-in, devem se reunir na vila de Panmunjon, na fronteira entre os países. Kim deve ainda ter outro encontro com o presidente dos EUA, Donald Trump, em maio ou no início de junho, no que deve ser o primeiro encontro de cúpula entre esses países Kim tem dito que está disposto a negociar o programa nuclear.