Coreia do Sul proibirá entrada de estrangeiros que estiveram em Hubei

  • Por Jovem Pan
  • 02/02/2020 11h41
EFE/Rungroj YongritA medida, anunciada pelo primeiro-ministro Chung Sye-kyun, foi adotada para tentar conter a propagação do vírus detectado na cidade de Wuhan

A Coreia do Sul anunciou neste domingo (2) que proibirá a partir da próxima terça-feira (4) a entrada de estrangeiros que estiveram nas últimas duas semanas na província de Hubei, na China — a mais afetada pelo novo coronavírus — tendo como objetivo impedir sua propagação.

A medida, anunciada pelo primeiro-ministro Chung Sye-kyun, foi adotada para tentar conter a propagação do vírus detectado na cidade de Wuhan, em dezembro do ano passado. Desde então, o vírus se espalhou para mais de 20 países, incluindo a Coreia do Sul, onde foram detectados 15 casos — entre os quais se suspeita que haja infecções de pessoa para pessoa.

Seul informou hoje a identificação dos três últimos infectados: um de seus cidadãos repatriado na sexta-feira; a esposa de um guia turístico chinês que trabalhava no Japão e chegou à Coreia do Sul em 19 de janeiro; e um sul-coreano que visitou a cidade chinesa e retornou ao país no dia 20 de janeiro.

Países como os Estados Unidos e o Japão, onde também foram detectados casos, já implementaram proibições similares de forma temporária.

*Com informações da EFE