Coreia do Sul tem aumento no número de infecções diárias pela Covid-19

  • Por Jovem Pan
  • 10/05/2020 09h46
EFE/Fernando Bizerra Jr/Archivo Após a descoberta desse novo foco de contágio, o governo obrigou todos os bares e clubes a fecharem até novo aviso

A Coreia do Sul registro neste domingo (10) 34 novos casos da Covid-19, o maior número diário desde 9 de abril, segundo boletim divulgado pelo Centro Coreano de Controle e Prevenção de Doenças Infecciosas (KCDC).

A Coreia do Sul, que não impôs quarentena nem fechou fronteiras, não registrava mais de 30 casos diários desde 12 de abril. Na última semana, o país emplacou uma sequência de três dias com menos de dez notificações, todas elas de pessoas que voltaram do exterior.

Um dos motivos que levaram ao aumento de casos foi um surto de infecções em Itaewon. A primeira pessoa a dar positivo para a Covid-19 na quarta-feira (6) foi um homem de 29 anos que havia visitado cinco clubes e bares na região na madrugada do dia 2 de maio. Desde então, pelo menos 40 casos de coronavírus foram confirmados desde então, incluindo gente que esteve nas mesmas casas e também colegas de trabalho e familiares dessas pessoas.

Após a descoberta desse novo foco de contágio, o governo obrigou todos os bares e clubes a fecharem até novo aviso, enquanto no restante do país tais locais terão que manter um protocolo de saúde rigoroso para que possam funcionar.

A identificação do novo surto ocorre na mesma semana em que a Coreia do Sul relaxou o distanciamento interpessoal, incluindo a reabertura progressiva de escolas e museus, em resposta a uma queda de casos.

*Com informações EFE