França registra primeira morte pelo coronavírus fora da Ásia

  • Por Jovem Pan
  • 15/02/2020 11h09
EFE/WU HONGMorte de chinês na França foi confirmada pelo Ministério da Saúde

O Ministério de Saúde da França confirmou neste sábado (15) a primeira morte de uma pessoa infectada com o coronavírus Covid-19 fora da Ásia. Um turista chinês, internado em um hospital de Paris, faleceu.

O chinês, de 80 anos, morador da província de Hubei – a mais afetada na China -, desembarcou na França no dia 16 de janeiro e estava internado no Hospital Bichat, na capital francesa, desde o dia 25 do mesmo mês. O paciente estava em estado grave, com respiração artificial.

O homem inicialmente deu entrada no serviço de reanimação e depois foi transferido para o setor de doenças infecciosas com um dispositivo especial para prevenir a infecção.

Durante entrevista coletiva, a ministra da Saúde, Agnès Buzyn, explicou que há outros seis pacientes com a doença que estão internados na França, mas que a situação deles não é preocupante. Ela também lembrou que outras quatro pessoas infectadas com o Covid-19 já foram curadas e receberam alta.

A filha do paciente morto, que viajou com ele para a França, também contraiu o coronavírus e está internada no mesmo hospital, mas o quadro evoluiu favoravelmente e ela terá alta em breve.

A ministra lembrou que, levando em conta a situação da doença, o sistema de saúde francês deve estar preparado para a possibilidade de que a epidemia com origem na China se espalhe pelo mundo e se torne uma pandemia.

Com essa perspectiva, ela disse que na próxima terça-feira (18) receberá os representantes do pessoal de saúde que trabalha nos hospitais e outros centros de atendimento.

*Com EFE