Covid-19: Com quase mil novos casos, Flórida vai iniciar 1ª fase de reabertura

  • Por Jovem Pan
  • 15/05/2020 22h02
EFE/EPA/CRISTOBAL HERRERAO anúncio do governador, Ron DeSantis, se aplica a 65 dos 67 condados, excluindo Miami-Dade e Broward, os dois mais afetados pelo coronavírus

A Flórida vai iniciar a primeira das três fases de saída gradual da quarentena na próxima segunda-feira (18), com a abertura de academias e maior liberdade para os estabelecimentos comerciais. Nesta sexta-feira (15), o estado norte-americano registrou quase 1 mil novos casos de infecção por coronavírus e chegou a 44.138 notificações desde o começo da pandemia.

O anúncio do governador, Ron DeSantis, se aplica a 65 dos 67 condados, excluindo Miami-Dade e Broward, os dois mais afetados pela Covid-19.

Em entrevista coletiva hoje na Clínica Hospitalar Ascension St. Vincent’s Riverside, em Jacksonville, a cerca de 550 quilômetros de Miami, DeSantis declarou que ginásios e academias podem retomar as operações na segunda, desde que sigam as diretrizes estabelecidas pelo Centro Federal de Controle e Prevenção de Doenças (CDC). Para isso, será necessária uma distância de cerca de 2 metros entre as pessoas.

“Se você está dentro (de uma academia), certifique-se de praticar distanciamento social e depois desinfete os equipamentos e superfícies”, afirmou em entrevista coletiva ao lado do prefeito de Jacksonville, Lenny Curry.

Até o momento, as academias permanecem fechadas, com exceção das localizadas em hotéis, postos de bombeiros e prédios residenciais, embora restrições também sejam aplicadas nestas últimas.

Entre as mudanças anunciadas, restaurantes, lojas de varejo, museus e bibliotecas poderão aumentar suas capacidades em 50%, em relação aos 25% inicialmente permitidos quando a Flórida começou a reabrir, em 4 de maio.

A medida vem de encontro a outra assinada pelo governador no último sábado, que permitiu a abertura de salões de beleza e barbearias em todos os condados que entraram na primeira fase da reabertura.

* Com EFE