Cuba tem 5 mil desabrigados após forte tornado atingir capital

  • Por Jovem Pan
  • 30/01/2019 18h08
EFETornado deixou quatro mortos e 195 pessoas feridas

Cerca de 5 mil pessoas continuam desabrigadas, nesta quarta-feira (30), três dias após um intenso tornado atingir a capital de Cuba, Havana. O fenômeno natural deixou quatro mortos, 195 feridos e cerca de 1,9 mil imóveis danificados.

Do total de desabrigados, 4.780 foram alojados na cada de familiares e outros 164 estão hospedados temporariamente em centros de amparo montados pelo governo cubano. O tornado atingiu a região no último domingo (27).

Mais de 70 feridos seguem internados em hospitais de Havana. Oito deles estão em situação delicada e quatro em estado grave. As rajadas de vento do fenômeno chegaram a 300 quilômetros por hora na cidade que enfrenta déficit de 1 milhão de lares.

Esse tornado é o primeiro registrado na capital de Cuba em 80 anos. Equipes do governo seguem limpando escombros, retirando carros que foram arrastados pelo vento e recolhendo postes derrubados nas ruas. Mais de 136 mil pessoas estão sem eletricidade.

O presidente de Cuba, Miguel Díaz-Canel, pediu agilidade para recuperar os imóveis danificados. “Uma sociedade organizada, uma economia planificada, um governo socialista sempre terão reservas para que ninguém fique desamparado”, escreveu no Twitter.