De Temer a Gorbachev, líderes mundiais prestam homenagens a George H.W. Bush

  • Por Jovem Pan
  • 01/12/2018 12h50
EFEGeorge H.W. Bush e Mikhail Gorbachev em um encontro em Moscou, em 2005

Líderes de várias nações prestaram condolências ao ex-presidente dos Estados Unidos George H.W. Bush, que morreu nesta sexta-feira (30), aos 94 anos. Nomes como Michel Temer, Emmanuel Macron e até Mikhail Gorbachev, comandante da extinta União Soviética, homenagearam Bush pai.

Pelo Twitter, o presidente do Brasil destacou que o ex-presidente americano foi um “líder respeitado em seu país e no mundo”. “Recebi com pesar a notícia do falecimento do ex-Presidente dos EUA George H. W. Bush, líder respeitado em seu país e no mundo”, escreveu Temer.

O presidente francês, Emmanuel Macron, também usou a rede social para homenagear Bush. Falando em nome do seu país, ele lembrou da aliança dos Estados Unidos com a Europa durante o governo do americano. “Em nome do povo francês, transmito as minhas condolências à nação americana após a morte do ex-presidente George Bush pai. Era um grande líder e um apoio firme da aliança com a Europa. Nossos pensamentos estão com sua família e seus entes mais próximos”, tuitou.

O governo da Alemanha também se pronunciou sobre a morte de Bush. O ministro das Relações Exteriores, Heiko Maas, lembrou que ele era o presidente dos Estados Unidos quando o Muro de Berlim caiu e a Guerra Fria acabou, em 1989. “Ele também é um arquiteto da unificação alemã, para a qual deu apoio incondicional desde o princípio. Nunca esqueceremos disso”, afirmou em um comunicado.

O ex-líder da União Soviética Mikhail Gorbachev destacou o trabalho ao lado de George H.W. Bush para o fim da Guerra Fria. “Muitas lembranças me unem a esta pessoa. Pudemos trabalhar juntos em anos de grandes mudanças. Foram tempos dramáticos, de grande responsabilidade. O resultado foi o fim da Guerra Fria e da corrida armamentista nuclear”, declarou Gorbachev à agência russa “Interfax”.

*Com EFE