Empresa fundadora do TikTok planeja abrir sede internacional fora dos EUA

Trump deu ao TikTok até 15 de setembro para passar para as mãos da capital americana

  • Por Jovem Pan
  • 04/08/2020 10h49 - Atualizado em 04/08/2020 10h50
Reprodução. Nos últimos dias, a imprensa britânica vem especulando que Londres poderia ser a cidade escolhida para esses escritórios

A empresa chinesa ByteDance, criadora da rede social de vídeos curtos TikTok, está pensando em mudar a sede do aplicativo para fora dos Estados Unidos — onde o governo está tentando proibi-lo. Essas são as informações divulgadas nesta terça-feira (4) pela imprensa do país asiático. “Estamos explorando a possibilidade de estabelecer uma sede para o TikTok fora dos Estados Unidos“, disse um porta-voz citado pela emissora estatal CGTN.

Outro representante da ByteDance, que citou “a situação atual” sem se referir diretamente a polêmica com Washington, disse que a empresa de tecnologia “está comprometida em (seus planos de) ser uma empresa global”. Nos últimos dias, a imprensa britânica vem especulando que Londres poderia ser a cidade escolhida para esses escritórios, embora a empresa ainda não tenha confirmado essa escolha.

O presidente dos EUA, Donald Trump, deu ao TikTok até 15 de setembro para passar para as mãos da capital americana — por enquanto, a Microsoft é a principal parte interessada — ou enfrentar a proibição de operar por razões de segurança nacional. O fundador e CEO da ByteDance, Zhang Yiming, já deixou claro para seus funcionários que não concorda com a decisão, argumentando que “eles sempre se comprometeram em proteger os dados do usuário e manter a neutralidade e a transparência do TikTok“.

*Com informações da EFE