Enviado especial dos EUA se reúne com Talibã para discutir direitos das mulheres

Thomas West também falou sobre a situação econômica do país, que beira o caos após diversas nações congelarem os bens afegãos em seus territórios

  • Por Jovem Pan
  • 21/05/2022 18h42
Javed TANVEER / AFP Mulheres no Afeganistão Enviado especial mostrou discordância da comunidade internacional com o tratamento dado às mulheres pelo país

O enviado especial dos Estados Unidos para o Afeganistão se reuniu com o chefe da diplomacia do Talibã para discutir os direitos das mulheres no país. Durante o encontro, que aconteceu neste sábado, 21, Thomas West reforçou a oposição ao tratamento dado pelo grupo às mulheres no país. Desde que retomou o poder em 2021, o talibã impôs restrições à sociedade civil, muitas voltadas para mulheres. No começo de maio, os líderes do talibã determinaram que as mulheres se cobrissem totalmente em público, idealmente com a burca. “As meninas precisam voltar à escola, as mulheres, ter liberdade de circulação e trabalho sem restrições para o progresso da normalização das relações”, disse West após a reunião. Outra pauta do encontro foi a situação econômica do país, que vive à beira o desastre desde que diversos países congelaram bens afegãos no exterior e cortaram ajuda ao povo local.

*Com informações da AFP.