Espanha diz que já superou pico de contágios do novo coronavírus

  • Por Jovem Pan
  • 04/04/2020 11h46 - Atualizado em 04/04/2020 11h49
Moncloa/EFEPedro Sánchez é o atual presidente do Governo da Espanha

O presidente do governo espanhol, Pedro Sánchez, afirmou neste sábado (4) que, de acordo com dados de especialistas, a Espanha “superou” o pico de propagação do novo coronavírus e está “em condições de dobrar a curva” de expansão da pandemia de Covid-19 no país.

Com “a prudência necessária em meio a uma guerra nunca antes travada”, Sanchez transmitiu uma mensagem de otimismo em pronunciamento televisionado, no qual anunciou que na semana que vem o governo pedirá ao Congresso dos Deputados (câmara baixa) a prolongação do estado de alarme até 26 de abril.

“A vitória é possível e está cada dia mais próxima”, disse o governante, que pediu aos cidadãos “sacrifício e espírito de vitória” para derrotar o coronavírus SARS-CoV-2.

No mesmo pronunciamento, manifestou a intenção de pedir para que todos os partidos políticos implementem novos acordos que permitam ao país superar o impacto econômico e social da pandemia.

Sanchez disse que o momento em que a curva de contágios cairá está próximo, e que a partir de então começará uma transição.

O presidente do governo disse que uma equipe de epidemiologistas e cientistas já está preparando o plano para a “desescalada”, mas advertiu que nesta nova etapa não haverá espaço para relaxamento e que não será “mais suave”.

Segundo Sánchez, “relaxar agora é desunir”, o que poderia significar um retorno para o “ponto de partida” e desencadear “uma segunda onda” de contágio.

*Com informações da EFE