Espanha abrirá fronteiras para turistas estrangeiros em julho

  • Por Jovem Pan
  • 23/05/2020 12h43
EFE/Alejandro GarcíaPresidente espanhol confirmou abertura das fronteiras em julho

O presidente do governo da Espanha, Pedro Sánchez, afirmou, neste sábado (23), que o país abrirá as fronteiras para turistas estrangeiros a partir de julho. A medida impactará milhões de visitantes, sobretudo procedentes de Alemanha, França e Grã Bretanha.

“Haverá temporada turística neste verão”, afirmou o chefe do Executivo, que concedeu entrevista coletiva de maneira virtual, para anunciar novas medidas de reabertura econômica e social, após restrições impostas para conter a propagação da Covid-19, a doença provocada pelo novo coronavírus.

De acordo com Sánchez, o turismo representa um “papel fundamental” para a economia e a geração e empregos na Espanha, que em 2019, recebeu 83,7 milhões de turistas. O país é segundo no mundo em número de visitantes estrangeiros.

O setor do turismo, além disso, representa 12,3% do PIB nacional.

O presidente do governo lembrou da necessidade de recuperar a economia, mas que isso será feito com todas as condições de segurança. Sánchez, no entanto, destacou que “o pior já passou”, com a redução da curva de contágios.

Além disso, o líder do Executivo garantiu que o Conselho de Ministro declarará dez dias de luto oficial, o período mais prolongado da recente era democrática da Espanha, em homenagem aos mortos pela Covid-19.

Sánchez também confirmou que a primeira e a segunda divisões do Campeonato Espanhol poderão ser retomadas a partir de 8 de junho, também com garantias de segurança totais.

*Com Agência EFE