EUA: Após polêmica, Brett Kavanaugh toma posse como juiz da Suprema Corte

  • Por Jovem Pan
  • 07/10/2018 12h23
EFE Kavanaugh foi empossado pelo presidente do tribunal, John Roberts

 Brett Kavanaugh tomou posse neste sábado como novo juiz da Suprema Corte dos Estados Unidos, pouco depois de o Senado ter confirmado sua indicação ao cargo.

Em cerimônia privada na sede da Suprema Corte em Washington e na presença de seu antecessor, Anthony Kennedy, Kavanaugh foi empossado pelo presidente do tribunal, John Roberts.

Acusado de assédio sexual por três mulheres, Kavanaugh será o 114º juiz da história da Suprema Corte. No Senado, sua indicação, feita pelo presidente do país, Donald Trump, foi aprovada por 50 votos a favor e 48 contrários.

A Casa Branca informou em comunicado que Trump assinou a bordo do Air Force One, o avião da presidência americana, um documento que confirma a nomeação de Kavanaugh como novo integrante da Suprema Corte, passo necessário para que o juiz tomasse posse.

Antes de assinar o documento, Trump elogiou o Senado por confirmar a indicação de Kavanaugh, considerado por ele como uma “pessoa extraordinária” e de “muito talento”.

Trump também minimizou os protestos contra Kavanaugh registrados hoje nos arredores do Capitólio. “Eram 200 pessoas”, afirmou.

O novo juiz da Suprema Corte foi acusado de abuso sexual por três mulheres. A primeira a denunciá-lo foi a professora Christine Blasey Ford, que prestou depoimento no Comitê de Justiça do Senado.

Apesar das sérias acusações, Kavanaugh conseguiu os votos necessários para ser confirmado pelo Senado e assumir uma das nove cadeiras da Suprema Corte.

Com a chegada de Kavanaugh, a Suprema Corte se torna mais conservadora. São cinco os juízes com posições mais alinhadas com os republicanos, contra quatro magistrados considerados progressistas.

Kavanaugh é o segundo juiz indicado por Trump. O primeiro foi Neil Gorsuch em abril do ano passado.

*Com informações da Agência EFE.