EUA: Cortes de empregos ultrapassam marca de 671 mil em abril

  • Por Jovem Pan
  • 07/05/2020 10h33 - Atualizado em 07/05/2020 10h45
EFE/RUNGROJ YONGRITNo primeiro quadrimestre de 2020, os cortes anunciados somaram 1.017.812, alta de 342% em relação ao mesmo período do ano passado

Os Estados Unidos registraram, em abril, 671.129 registros de cortes de empregos no país. Em março, 222.288 cortes de postos de trabalhado foram anunciados por empregadores. Do total, 633.082 cortes têm relação com o coronavírus.

O número de demissões atinge número recorde de uma série histórica iniciada em janeiro de 1993 que evidencia o impacto da pandemia de coronavírus no mercado de trabalho americano, segundo pesquisa divulgada nesta quinta-feira (7) pela Challenger, Gray & Christmas.

No primeiro quadrimestre de 2020, os cortes anunciados somaram 1.017.812, alta de 342% em relação ao mesmo período do ano passado. Os cortes não consideram licenças temporárias.

*Com informações do Estadão Conteúdo