Explosão deixa seis mortos perto de protesto xiita no Afeganistão

  • Por Jovem Pan
  • 12/11/2018 14h09
Jawed Kargar/EFE Grupo xiita hazara é alvo constante de ataques do Estado Islâmico

Seis pessoas morreram e outras 20 ficaram feridas após uma explosão nesta segunda-feira (12) em Cabul, no Afeganistão. Perto do local, centenas de xiitas hazaras – grupo minoritário no país – faziam protesto por mais segurança em regiões centrais e do oeste que são alvos de ataques talibãs.

Um homem estava com explosivos dentro de um colete e os detonou por volta das 14 horas (horário local, 7h30 em Brasília), nas proximidades de um shopping, segundo o porta-voz da polícia da capital afegã, Basir Mujahib. Agentes de segurança estavam no local para proteger manifestantes.

“Seis pessoas, incluindo três mulheres, dois homens e um soldado morreram no atentado suicida de hoje”, informou o porta-voz do Ministério de Interior, Nasrat Rahimi. O número ainda pode mudar, com a contabilização de vítimas e a situação de saúde dos feridos.

Apesar do atentado, o protesto só terminou quando o presidente do Afeganistão, Ashraf Ghani, falou com manifestantes sobre a implantação de medidas de segurança em três distritos. Os xiitas, especialmente os hazara, são alvos frequentes de ataques insurgentes, muitos deles cometidos por jihadistas do Estado Islâmico.

*Com informações da Agência EFE