Explosões em escola no Afeganistão deixam ao menos seis mortos

Ataque aconteceu em um bairro de Cabul que tem população majoritária de integrantes da comunidade xiita hazara, perseguida há anos por sunitas

  • Por Jovem Pan
  • 19/04/2022 12h20
Aref KARIMI / AFPTV / AFP Afeganistão Criança retirada da explosão em uma escola no Afeganistão

Duas explosões em uma escola para meninos em um bairro de Cabul, no Afeganistão, deixou ao menos seis pessoas mortas e 24 feridas nesta terça-feira, 19. A informação foi confirmada pela polícia local que também informou que os ataques aconteceram com duas bombas de fabricação caseira. “Saímos da escola pela porta dos fundos quando a explosão aconteceu”, disse um estudante ferido na primeira explosão. Imagens divulgadas nas redes sociais mostram corpos na entrada da escola, livros queimados e mochilas espalhadas pela rua. Dasht-e-Barshi, local onde aconteceu o atentado, tem população majoritária de integrantes da comunidade xiita hazara e há anos eles são perseguidos por sunitas e já foi cenário de vários ataques. Uma terceira explosão também foi registrada, mas dessa vez ocorreu em um curso de inglês.  

Ataques como o desta terça apresentavam queda desde que o Talibã tomou o poder e as tropas americanas deixaram o país em agosto de 2021. Os ataques executados nos últimos meses foram reivindicados em sua maioria pelo grupo Estado Islâmico-Khorasan (EI-K), braço do grupo extremista que atua no Afeganistão. Os talibãs afirmam que derrotaram este grupo, mas analistas destacam que o EI-K continua sendo a maior ameaça ao atual governo do Afeganistão.