França mobiliza 7.500 agentes para manifestações dos ‘coletes amarelos’

Homens das forças de segurança francesas foram convocados para evitar tumulto nas principais regiões de Paris

  • Por Jovem Pan
  • 21/09/2019 11h03
EFEManifestações dos coletes amarelos acontecem neste sábado (20), na França

O governo da França deslocou cerca de 7.500 mil homens das forças de segurança para evitar tumultos e vandalismo em mais uma jornada de protestos no país neste sábado (20) com as manifestações dos chamados “coletes amarelos“.

Apesar do grupo não ter recebido qualquer autorização para realização de ato, foi programada a 45ª ação do coletivo, na Place de la Madeleine, em Paris.

Às 10h na hora local (5h de Brasília), já eram registrados tumultos, com uso de gás lacrimogêneo pelos agentes, para dispersar o público. Cerca de 30 pessoas foram detidas ainda nos primeiros momentos de manifestação.

O protesto coincide com a Jornada do Patrimônio, em que moradores e turistas podem visitar gratuitamente museus, castelos, teatros, entre outros prédios icônicos do país.

Por causa das manifestações convocadas, o Arco do Triunfo não foi aberto para a visitação, enquanto o Palácio do Eliseu, sede da presidência, estabeleceu um sistema de reservas para o público.

Além dos “coletes amarelos” terem feito chamada para ato, há também nova marcha em defesa do clima, um dia depois de milhares de pessoas terem ido às ruas, inclusive, a partir de paralisação de funcionários de algumas empresas francesas.