Franceses se despedem do ex-presidente Jacques Chirac

  • Por Jovem Pan
  • 29/09/2019 11h11
EFEDepois de uma celebração religiosa feita a pedido da família, o público foi liberado para prestar uma última homenagem

Milhares de pessoas foram neste domingo (29) à catedral de São Luís dos Inválidos, em Paris, para se despedir do ex-presidente da França Jacques Chirac, que morreu na última quinta-feira (26) aos 86 anos.

O corpo do ex-presidente, que estava sendo velado no Palácio do Eliseu, sede da presidência da França, foi levado para a igreja pela manhã. Depois de uma celebração religiosa feita a pedido da família, o público foi liberado para prestar uma última homenagem a Chirac, que presidiu a França entre 1995 e 2007.

Desde o início do dia, milhares de pessoas fizeram fila na entrada da catedral para poder se despedir de Chirac, um dos políticos mais queridos pelos franceses.

As homenagens a Chirac continuarão na segunda-feira (30). O presidente da França, Emmanuel Macron, decretou luto nacional e determinou que as bandeiras do país em prédios oficiais fiquem em meio mastro.

Macron irá à catedral de São Luís dos Inválidos pela manhã. A previsão é que outros 30 líderes mundiais estejam na cerimônia, entre eles os presidentes da Rússia, Vladimir Putin, e da Itália, Frank-Walter Steinmeier.

Popularidade

Segundo pesquisa realizada pelo Instituto Ifop na última sexta-feira, 30% dos franceses consideram Chirac o melhor presidente da história do país. Ele empata no primeiro lugar com Charles de Gaulle, que comandou a França entre 1959 e 1969.

*Com informações da EFE