Furacão Humberto ameaça provocar forte ressaca no litoral dos EUA

  • Por Jovem Pan
  • 16/09/2019 13h34
EFEO fenômeno se transformou em furacão na noite deste domingo (15) e está "se organizando melhor", de acordo com o relatório do NHC

O furacão Humberto, de categoria 1, segue nesta segunda-feira (16) o processo de fortalecimento, com ventos constantes de 140 km/h, e ameaça provocar forte ressaca em parte do litoral sudeste dos Estados Unidos, no caminho rumo a Bermudas. O Centro Nacional de Furacões (NHC) dos EUA indicou em boletim emitido às 12h que o fenômeno seguirá afastado da costa americana e partirá em direção ao leste.

Apesar disso, os especialistas do NHC aponta que as ondas geradas por efeito do Humberto, afetarão nos próximos dias o noroeste das Bahamas e a costa dos Estados Unidos, do litoral da Flórida até a Carolina do Norte.

O fenômeno se transformou em furacão na noite deste domingo (15) e está “se organizando melhor”, de acordo com o relatório do Centro Nacional de Furacões, a oeste das Bermudas, única região habitada que, por enquanto, deve ser atingida.

No momento do boletim ser divulgado, o centro do Humberto estava a 1.145 quilômetros da ilha, se movimentando a cerca 11 km/h, mas com aumento de velocidade. A previsão é que, nesta terça-feira à noite alcance a categoria 3 na escala Saffir-Simpson.

Dessa forma, o furacão poderá provocar ventos de até 177 km/h, embora a expectativa é que perca um pouco da força antes de chegar ao território britânico no Atlântico Norte.

Enquanto avança em direção as Bermudas, Humberto seguirá provocando forte ressaca e novas chuvas na região central das Bahamas, o que dificultará os trabalhos de recuperação do arquipélago após a passagem do Dorian.

*Com informações da EFE