Girafa atropela e deixa mulher e criança gravemente feridas na África do Sul

  • Por Agência EFE
  • 05/09/2018 07h39
PixabayA empresa afirma que mãe e filho "sofreram várias lesões" e estavam em "estado crítico" após ataque de girafa

Uma mulher de 30 anos e o filho, de três, ficaram gravemente feridos após serem atropelados por uma girafa em uma fazenda na cidade de Hoedspruit, no nordeste da África do Sul.

O incidente ocorreu na segunda-feira, explicaram em comunicado os serviços médicos ER24, que atenderam ambas as feridas. A empresa afirma que mãe e filho “sofreram várias lesões” e estavam em “estado crítico” quando o socorro chegou ao local do incidente.

Os socorristas estabilizaram as vítimas com suporte básico de vida antes de transferi-las em um helicóptero para um hospital próximo.

Por enquanto, nem a imprensa local nem o hospital onde as vítimas estão internadas divulgaram mais detalhes sobre o ocorrido, motivo pelo qual as causas do incidente continuam desconhecidas.