Governo argentino anuncia construção de oito hospitais de emergência devido ao coronavírus

De acordo com as autoridades locais, a Argentina tem 79 casos confirmados e duas mortes por Covid-19

  • Por Jovem Pan
  • 18/03/2020 13h44
EFEAlberto Fernandez, presidente da Argentina, anunciou as medidas nesta quarta-feira (18) no Twitter

A Argentina vai construir oito hospitais de emergência para fortalecer o sistema de saúde pública diante do avanço da pandemia do coronavírus, anunciou nesta quarta-feira (18) o presidente do país, Alberto Fernández.

“Nossa prioridade é fortalecer o sistema de saúde pública para cuidar de todos os argentinos diante da pandemia do coronavírus. Além disso, vamos construir oito hospitais modulares de emergência, porque temos que aproveitar cada minuto para estarmos melhor preparados”, disse Fernández no Twitter.

De acordo com os dados divulgados nesta terça pelo governo argentino, o país tinha 79 casos do coronavírus causador da Covid-19 e duas mortes.

Todos esses casos eram de pessoas que contraíram a doença no exterior ou que tiveram contato próximo com elas.

Nos últimos dias, o governo argentino lançou diversas medidas para conter a propagação da pandemia da Covid-19, incluindo o fechamento de fronteiras a pessoas que estiveram em áreas de risco, a suspensão das aulas até 31 de março, a recomendação de trabalho em casa, quarentena preventiva de 14 dias para aqueles que chegam de países com alta circulação de coronavírus, suspensão de shows e de campeonatos esportivos, além de regulamentações rigorosas sobre transporte de curta e longa distâncias.

*Com informações da EFE