Greta acusa líderes mundiais de terem se rendido ao aquecimento global

  • Por Jovem Pan
  • 21/01/2020 12h09 - Atualizado em 21/01/2020 12h10
EFE/EPA/ALESSANDRO DELLA VALLEGreta Thunberg participou do primeiro dia do Fórum Econômico Mundial, em Davos

Durante sua palestra principal no Fórum Econômico Mundial, a ativista sueca Greta Thunberg, de 17 anos, atacou os líderes políticos e econômicos por, segundo ela, desistir da luta contra o aquecimento global, colocando interesses econômicos imediatos à frente da transição ecológica.

“Eu me pergunto o que vocês dirão aos seus filhos diante deste caos”, disse. No discurso, ela disse não se importar com a filiação política, e afirmou que tanto a direita quando a esquerda falharam na luta contra a mudança climática.

Mais cedo, Greta participou de um painel com outros jovens onde afirmou que nada foi feito nos últimos tempos contra a mudança climática. Logo depois, ao falar para os líderes, insistiu na necessidade da interrupção do uso de combustíveis fósseis imediatamente, pedindo o fim da extração e dos subsídios que favorecem a utilização de carvão mineral, gás natural e petróleo, entre outros.

Em seu segundo discurso, ela criticou indiretamente o presidente norte-americano Donald Trump, que discursou pouco tempo antes e anunciou que aderiria À iniciativa do Fórum de plantar 1 bilhão de árvores. “Plantar árvores é bom, mas não está nem perto do que precisa ser feito”, disse.

Para Greta, os países precisam não só reduzir, mas acabar com as emissões de carbono para que seja cumprido o objetivo do Acordo de Paris e a temperatura do planeta não suba mais de 1,5 grau.

Ela disse entender a preocupação de todos com a saída dos EUA do acordo, criticou o fato de nenhuma nação estar cumprindo o pacto, e admitiu que mudar a relação com o meio ambiente é um processo duro, principalmente no aspecto econômico, o que não significa que essa transição deva ser abandonada. Greta definiu como “promessas” e “palavras vazias” alguns dos discursos que falam sobre o clima, deixando a entender que muitos dizem que estão agindo, quando na verdade não estão.

A jovem relembrou sua ida ao Fórum pela primeira vez, em 2019, quando disse que o planeta estava pegando foto. Para ela, nada mudou desde então.

“A nossa casa (planeta Terra) ainda está em chamas e a inação dos senhores alimenta as chamas de hora em hora. Pedimos que vocês ajam se vocês amam seus filhos mais do que qualquer outra coisa”, finalizou.

* Com informações da EFE.