Greta Thunberg é eleita personalidade do ano pela revista Time

  • Por Jovem Pan
  • 11/12/2019 15h07 - Atualizado em 12/12/2019 09h59
EFEA ativista sueca Greta Thunberg

A jovem sueca Greta Thunberg, que mobilizou protestos em todo o mundo contra a mudança climática, foi eleita a personalidade do ano de 2019 pela revista americana Time, conforme divulgou nesta quarta-feira (11) a publicação.

Uma foto da ativista é a capa da mais recente edição do meio e está acompanhada da manchete “O poder da juventude” (em inglês). “A partir de agosto de 2018, passou dias acampando diante do Parlamento sueco, com um cartaz em que se lia: ‘Greve escolar pelo clima'”, relembra a publicação americana.

A Time lembra que a adolescente, de 16 anos, já conversou com chefe de Estado na ONU, se reuniu com o papa, discutiu com o presidente dos Estados Unidos e inspirou 4 milhões de pessoas, que se reuniram em uma paralisação global pelo clima, em 20 de setembro. “Esta foi a maior manifestação pelo clima na história da humanidade”, destacou a revista.

Greta, segundo a Time, passou de uma militante solitária com um cartaz pintado com as mãos, para quem trouxe alento aos habitantes de mais de 150 países, que foram às ruas em defesa do planeta.

“As mudanças significativas raramente ocorrem sem a força mobilizadora de indivíduos influentes, e em 2019, a crise existencial da Terra encontrou uma dessas pessoas em Greta Thunberg”, diz a publicação.

A Time ainda apontou outros destaques, como a cantora Lizzo, como a artista do ano, e a seleção feminina de futebol dos Estados Unidos como as atletas do ano.

A revista ainda destacou os funcionários públicos dos EUA, como defensores do ano, pelos depoimentos feitos no Congresso na investigação realizada contra o presidente do país, Donald Trump.

A categoria de empresário do ano foi vencida pelo principal executivo da companhia Disney, Bob Iger.

*Com informações da EFE

  • Tags: