Imagens revelam coronavírus destruindo células humanas

  • Por Jovem Pan
  • 25/03/2020 15h16 - Atualizado em 25/03/2020 15h20
Reprodução / NIAIDCoronavírus: o vírus SARS-Cov-2, causador da Covid-19, atacando células humanas

O Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas dos Estados Unidos (NIAID, em inglês) divulgou novas imagens feitas através de um microscópio e coloridas digitalmente que revelam a presença do novo coronavírus nas células humanas.

Nas imagens, é possível identificar o vírus (Sars-Cov-2), causador da Covid-19, que são os pequenos pontos amarelos, atacando uma estrutura maior na cor azul, as células humanas.

De acordo com o instituto, as imagens foram feitas com um material coletado de um paciente norte-americano quando as células atingiram o estado de apoptose, a morte celular.

Se comparado às células do corpo humano, o vírus parece pequeno, mas a proteína contida no vírus é liberada na célula hospedeira e faz com que o vírus passe a comandar a célula, como um parasita.

A célula humana, então, passa a replicar o material genético liberado pelo vírus até ficar sobrecarregada e morrer.

O novo coronavírus já provocou mais de 15 mil mortes em todo o mundo, desde o início da pandemia. Estima-se que o número de infectados pelo vírus passe dos 450 mil.