Itália tem alta nas mortes diárias por Covid-19; infecções registram queda

  • Por Jovem Pan
  • 29/05/2020 15h23
EFE/EPA/PAOLO SALMOIRAGOMais de um terço das infecções registradas no boletim de hoje são referentes à região da Lombardia, no norte do país

A agência de Defesa Civil da Itália registrou nas últimas 24 horas mais 87 mortes em decorrência da Covid-19, número superior ao da véspera e que eleva o total no país para 33.229. No entanto, a quantidade de infecções foi menor: 516, ante 593 registradas ontem.

O total de casos desde o início da pandemia é de 232.248. Mais de um terço das infecções registradas no boletim de hoje são referentes à região da Lombardia, no norte do país, a mais afetada pelo novo coronavírus.

Hoje, o balanço teve a retirada de 11 falecimentos, já que a região de Marcas, na costa italiana, informou que um grupo de pessoas não morreu em decorrência da Covid-19.

Segundo a Defesa Civil, há 46.175 casos considerados ativos no país. A grande maioria dos infectados, 38.606, permanecem isolados nas próprias casas, com sintomas leves ou assintomáticos. Além disso, há 7.094 hospitalizados, sendo 475 em unidade de terapia intensiva, 14 a menos do que ontem.

Além disso, foi divulgado hoje que o Ministério da Saúde apresentará nos próximos dias as conclusões sobre a situação epidemiológica da Itália a partir de 18 de maio, quando foi permitida a reabertura de quase todas as atividades econômicas do país e a população saiu do confinamento.

Na próxima quarta-feira, estará liberada a circulação entre as diferentes regiões do país e serão abertas as fronteiras para viajantes provenientes de integrantes da União Europeia, que não precisarão cumprir quarentena.

* Com EFE