Japão confirma mais 70 casos do coronavírus em navio em quarentena

  • Por Jovem Pan
  • 16/02/2020 10h45
EFE/EPA/LU HONGJIEAté agora, 1.219 pessoas foram examinadas para o novo coronavírus entre os aproximadamente 3,7 mil a bordo

As autoridades do Japão anunciaram, neste domingo, mais 70 casos do coronavírus Covid-19 no cruzeiro em quarentena no porto de Yokohama, enquanto os Estados Unidos e outros países se preparam para repatriar seus cidadãos a bordo.

Com os novos casos, sobem para 355 o número de infectados a bordo do cruzeiro Diamond Princess, de acordo com os últimos dados fornecidos pelo ministro da Saúde do Japão, Katsunobu Kato, em declarações à emissora estatal NHK.

Até agora, 1.219 pessoas foram examinadas para o novo coronavírus entre os aproximadamente 3,7 mil a bordo desde as autoridades japonesas decretaram a quarentena no último dia (3).

Desde então, as autoridades têm permitido que os passageiros que contraíram o Covid-19 deixem o navio e se internem em hospitais, além de autorizar o desembarque de algumas pessoas em idade avançada ou com outras complicações de saúde e que deram negativo nos exames médicos.

Embora tenha o período de quarentena para todas as pessoas a bordo do Diamond Princess estivesse programado para a próxima quarta-feira, a Embaixada dos EUA no Japão anunciou no sábado (15) que prosseguirá com a repatriação de cerca de 400 americanos e suas famílias a bordo do navio antes do final desse período.

*Com informações da EFE