Joe Biden vence as primárias do Partido democrata na Carolina do Sul

  • Por Jovem Pan
  • 01/03/2020 09h04 - Atualizado em 01/03/2020 09h05
EFE/EPA/JIM LO SCALZOBiden ganha fôlego na disputa pela indicação do Partido Democrata

Joe Biden, ex-vice presidente dos Estados Unidos, venceu as primárias desde sábado do Partido Democrata na Carolina do Sul, segundo a imprensa norte-americana. Em um vídeo publicado em suas redes sociais, ele disse aos moradores do Estado que “juntos, vamos ganhar a nomeação e derrotar Donald Trump”.

Biden, que não se saiu bem nas três primeiras primárias, ganha sobrevida com os 48,4 % dos votos. Bernie Sanders teve 19,9%, Tom Steyer, que desistiu da corrida pela nomeação, 11,3%. Pete Buttigieg e Wlizabeth Warren ficaram em quarto e quinto lugar, respectivamente, com 8,2% e 7,1% dos votos.

Bernie Sanders, que liderava as pesquisas, havia assumido o favoritismo que era de Biden ate então, mas diante da vitória de Biden, tudo pode mudar.

A Carolina do Sul abriga 54 dos 3.979 delegados que vão à convenção do partido, em julho. O número não reflete a importância do Estado nesta fase da corrida presidencial. Além de ser o primeiro local a registrar votos da população negra, que representaram 24% dos eleitores dos Democratas em todo o país, o resultado na região costuma se repetir em outros Estados, como Alabama, Lousisiana, Geórgia e Mississippi, que juntos, somam 247 delegados. A nomeação exige o voto de 1.991.

Superterça

No próximo dia 3, acontece a Superterça, período crucial nas prévias dos Estados Unidos, haja vista que 14 estados fazem suas primárias oa mesmo tempo. Mais de 1,3 mil delegados estarão em disputa. A Califórnia, que possui 415 delegados, e o Texas, com 228, são os dois estados-chave para que o candidato consiga se aproximar da indicação.

Os vitoriosos serão representados pelos delegados na Convenção Nacional do Partido, em julho, em Milwaukee. Quem obtiver mais votos no evento enfrenta Donald Trump nas eleições de novembro.