Justiça da Rússia emite ordem de prisão para viúva de Alexey Navalny

Tribunal acusou Yulia Navalnaya, que vive fora do país, de participar de um grupo extremista; ela chamou Vladimir Putin de assassino e criminoso de guerra

  • Por Jovem Pan
  • 09/07/2024 22h18 - Atualizado em 10/07/2024 04h04
FREDERICK FLORIN /AFP yulia navalny Yulia Navalnya será presa caso retorne à Rússia

A justiça russa emitiu uma ordem de prisão contra Yulia Navalnaya, viúva do político de oposição russo Alexei Navalny, morto em fevereiro em uma prisão no Ártico, onde cumpria uma pena de 30 anos por diversas condenações. Após a morte do marido, a economista russa ganhou destaque internacional e declarou que assumiria a atividade política dele. O tribunal russo acusou Navalnaya, que vive fora do país, de participar de um grupo extremista. A decisão implica que ela será presa caso retorne à Rússia. Em resposta, a viúva pediu que seus apoiadores se concentrem na luta contra o presidente russo Vladimir Putin. Navalnaya afirmou em uma rede social que Putin é um assassino e um criminoso de guerra, e que “seu lugar é na prisão, na mesma cela onde Alexei Navalny morreu”.

Comentários

Conteúdo para assinantes. Assine JP Premium.