Líbia: Com avanço de milícia, 6 mil abandonam suas casas em Trípoli

  • Por Jovem Pan
  • 11/04/2019 16h35
Mam/reutersA ofensiva já deixou 56 mortos e 266 feridos

Seis mil pessoas tiveram que abandonar suas casas em Trípoli, capital da Líbia, depois que as forças do Exército Nacional Líbio, que tinha tomado o sul do país, avançaram sobre a cidade. A ofensiva da milícia comandada Khalifa Hafter, um ex-general de Muammar Gaddafi, começou na última quinta-feira, 4, e deixou 56 mortos e 266 feridos até agora, número confirmado pela Reuters.

Tropas do governo de Trípoli, apoiado pela ONU, entraram em combate com o grupo na sexta-feira, 5, quando o aeroporto internacional da cidade foi bombardeado antes de ter todos os serviços suspensos.

A ofensiva de Haftar sobre Trípoli é o episódio mais recente da violência que tomou conta do país desde a deposição e morte do ditador Muammar Gaddafi.

A França, que tem investimentos no leste do país, apoia o general Haftar e já ofereceu assistência militar a ele no passado. Mas foi aconselhada pela Itália a não apoiar nenhuma facção, e sim o primeiro-ministro, Fayez al-Serraj.