Líbia: Milícia bombardeia aeroporto de Trípoli e tráfego é suspenso

  • Por Jovem Pan
  • 08/04/2019 19h54
EFETentativa de tomar a capital começou na quinta-feira, 4, e já deixou 54 mortos

A milícia líbia do general Khalifa Hafter, um ex-militar do governo Muammar Gaddafi, começou uma operação para tomar Trípoli, capital do país. Nesta segunda-feira, 8, as tropas bombardearam o aeroporto internacional da cidade, que foi fechado. A tentativa de avanço do grupo já deixou 54 mortos desde a última quinta-feira, 4, segundo a BBC.

Todos os voos do aeroporto da capital foram desviados para a cidade-Estado de Misrata, situada a 200 quilômetros de Trípoli, que enviou tropas em auxílio ao governo sustentado pela ONU.

Os bombardeios começaram durante a manhã em um ataque combinado cujo alvo foi também o antigo aeroporto internacional da capital, que está em desuso há anos e se transformou no eixo da ofensiva lançada na última quinta-feira, 4.

A ONU, que disse que 2.800 pessoas foram evacuadas da região, condenou os ataques desta segunda-feira.

As tropas de Hafter também intensificaram os ataques terrestres nos bairros próximos do antigo aeroporto, que é essencial para a conquista da cidade.

Neste ambiente de violência crescente, a missão da ONU na Líbia, UNSMIL, avalia a possibilidade de adiar a conferência nacional que tinha previsto realizar na próxima semana diante da escalada de violência em Trípoli.

No sábado, o enviado especial da ONU para a Líbia, Ghasama Saleme, tinha afirmado que a UNSMIL continuava comprometida a realizar a mencionada conferência nacional, prevista para 14 de abril na cidade fronteiriça de Ghadames.

*Com EFE