Líder de dissidência das Farc é morto em selva na Colômbia

  • Por Jovem Pan
  • 23/12/2018 10h47
ReproduçãoGuacho foi morto em ação na fronteira da Colômbia com o Equador

Um dos principais dissidentes das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), Walther Patricio Arizala – o Guacho – foi morto em uma operação colombiana na fronteira com o Equador na última sexta-feira (21).

A frente dissidente Óliver Sinisterra, dirigida por Guacho, pratica sequestros e assassinatos e é suspeita de ser um braço do mexicano Cartel de Sinaloa.

O grupo é o principal suspeito de ter sequestrado e assassinado em abril três integrantes de uma equipe de reportagem do jornal equatoriano “El Comercio”.

*Com informações do Estadão Conteúdo