Macron afirma que França, Alemanha e Reino Unido lamentam retirada dos EUA

  • Por Agência EFE
  • 08/05/2018 16h33
Agência EFE"O sistema internacional de luta contra a proliferação de armas nucleares está em jogo", disse Macron

O presidente da França, Emmanuel Macron, anunciou nesta terça-feira (8) em mensagem publicada no Twitter que seu país, a Alemanha e o Reino Unido lamentam a decisão de seu homólogo americano, Donald Trump, que acaba de confirmar que abandonará o acordo nuclear multilateral com o Irã assinado em 2015.

“França, Alemanha e Reino Unido lamentam a decisão americana de abandonar o acordo nuclear iraniano. O sistema internacional de luta contra a proliferação de armas nucleares está em jogo”, disse Macron.

O chefe de Estado da França, que tinha tentado persuadir Trump a não abandonar o acordo durante sua visita aos Estados Unidos de final de abril, tinha falado por telefone meia hora antes do anúncio do governante americano com a chanceler alemã, Angela Merkel, e com a primeira-ministra britânica, Theresa May.

“Trabalharemos coletivamente para conseguir um acordo mais ambicioso, que cubra a atividade nuclear depois de 2025, os mísseis balísticos e a estabilidade do Oriente Médio, sobretudo na Síria, no Iêmen e no Iraque”, acrescentou o presidente francês.

Com a sua decisão, Trump rompe o acordo que tinha sido assinado em 2015 pelo governo americano anterior, de Barack Obama.

O pacto, assinado entre o Irã e o Grupo 5+1 – EUA, Rússia, China, França e Reino Unido, mais a Alemanha -, limita o programa atômico do Irã em troca da suspensão das sanções internacionais, mas não inclui nenhuma referência às armas convencionais ou à política externa da República Islâmica.