Macron pede dura postura da comunidade internacional contra Coreia do Norte

  • Por Estadão Conteúdo
  • 29/08/2017 08h56
EFE/Etienne LaurentDurante discurso em Paris, Macron expressou apoio ao Japão por sua preocupação com a atitude do regime norte-coreano

O presidente da França, Emmanuel Macron, pediu uma dura resposta da comunidade internacional à Coreia do Norte, que ontem realizou um novo teste com míssil balístico que sobrevoou o território japonês antes de cair no mar.

Durante discurso em Paris, Macron expressou apoio ao Japão por sua preocupação com a atitude do regime norte-coreano.

O líder francês também pediu políticas “intransigentes” contra a Coreia do Norte para evitar a escalada das tensões e disse que a França está pronta para “fazer o possível…e trazer Pyongyang para a mesa”.

O míssil disparado ontem foi projetado para carregar uma ogiva nuclear e é visto como um claro sinal de desafio, num momento em que Washington e Seul conduzem exercícios militares na região.