Macron pede que G7 discuta incêndios na Amazônia: ‘Nossa casa está queimando’

  • Por Jovem Pan
  • 22/08/2019 17h46
EFE"Vamos discutir essa emergência em primeira ordem em dois dias", apelou o presidente da França

O presidente da França, Emmanuel Macron, publicou em suas redes sociais nesta quinta-feira (22) um apelo para que os membros do G7 discutam as queimadas na Amazônia “com urgência”.

“Nossa casa está queimado. Literalmente. A floresta Amazônica – os pulmões que produzem 20% do oxigênio do nosso planeta – está em chamas. É uma crise internacional. Membros da cúpula do G7, vamos discutir essa emergência em primeira ordem em dois dias”, escreveu.

O G7 é um grupo composto pela Alemanha, Canadá, Estados Unidos, França, Itália, Japão e Reino Unido. Na semana passada, o governo alemão anunciou o bloqueio de cerca de €35 milhões (o equivalente a R$ 155 milhões) que seriam destinados a diferentes projetos de proteção ambiental no Brasil.

Na ocasião, o presidente Jair Bolsonaro criticou a chanceler Ângela Merkel e afirmou que “não precisa do dinheiro alemão” e que ela deveria pegá-lo “e reflorestar a Alemanha”.