Mais de 200 americanos retirados da China por coronavírus chegam aos EUA

  • Por Jovem Pan
  • 29/01/2020 16h36
EFE/EPA/WILL OLIVERBrasil monitora chegada de passageiros de países da Ásia

Um avião com 201 americanos evacuados da cidade de Wuhan, na China, epicentro do surto de coronavírus, aterrou nesta quarta-feira (28) em uma base militar em Riverside, no Estado americano da Califórnia.

O avião fretado pelo Departamento de Estado dos EUA estava originalmente programado para aterrissar no Aeroporto Internacional de Ontário, a cerca de 64 quilômetros de Los Angeles.

Mas, na terça, os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês), anunciaram o novo local de desembarque, que fica mais distante das áreas residenciais.

A caminho da Califórnia, o avião parou em Anchorage, no Alasca, para reabastecer, e os passageiros foram submetidos a exames médicos para que pudessem continuar a viagem para a Califórnia.

Os 201 passageiros, incluindo pessoal diplomático e dez menores, serão novamente revistados nas instalações militares da base March Air Reserve Base, localizada a cerca de 110 quilômetros do centro de Los Angeles.

Dois casos do surto já foram relatados na Califórnia, enquanto nos Estados Unidos há um total de cinco casos confirmados pelos CDC.

Nesta manhã, jornais americanos informaram que a Casa Branca está considerando decretar uma proibição temporária de vôos para e da China por causa da doença, que já causou quase 6.000 infecções confirmadas e 132 mortes.

*Com informações da EFE