Ministros croatas doam salário para aliviar efeitos de terremoto

  • Por Jovem Pan
  • 24/03/2020 15h11
EFE/EPA/ANTONIO BATTerremoto atingiu a Croácia no domingo (22)

Membros do governo da Croácia doarão seus salários do mês de março para aliviar as consequências do terremoto ocorrido no último domingo (22) que deixou um morto e 26 feridos e graves danos na capital Zagreb.

“Esta é uma oportunidade para todos nós demonstrarmos unidade, solidariedade e responsabilidade, a fim de superar a combinação de duas crises, o coronavírus e o terremoto de Zagreb”, explicou nesta terça-feira (24) o primeiro-ministro croata, Andrej Plenkovic. Os 21 ministros têm um salário básico de 2,7 mil euros por mês.

Plenkovic apresentou hoje um pacote de medidas, avaliado em 4 bilhões de euros, para aliviar os efeitos econômicos das medidas tomadas para conter a propagação da coronavírus, que já infectou 382 pessoas e causou uma morte na Croácia.

Eslovênia

A Eslovênia também anunciou medidas semelhantes para apoiar a economia e manter o emprego, no valor de 2 bilhões de euros.

O governo decretou a redução dos salários dos funcionários públicos em 30%, menos para os que trabalham em setores críticos relacionados à epidemia, como a saúde, e que terão seus salários aumentados em até 200%.

Na Eslovênia, já existem 480 positivos e quatro mortes pelo novo coronavírus.

*Com EFE