Morales viaja para Cuba ‘por motivos de saúde’

Em 2017, o ex-presidente boliviano viajou até Cuba para uma cirurgia de retirada de um tumor benigno nas cordas vocais

  • Por Jovem Pan
  • 10/02/2020 15h50
EFE/Juan Ignacio RoncoroniEvo Morales

O ex-presidente da Bolívia, Evo Morales, deixou Buenos Aires na madrugada desta segunda-feira (10) com destino a Cuba por motivos de saúde, e retornará no próximo final de semana à Argentina.

“O ex-presidente Evo Morales fez uma viagem não programada na noite passada a Cuba por razões de saúde. Seu retorno está marcado para este fim de semana, a fim de cumprir a agenda programada”, diz o comunicado divulgado pela assessoria de imprensa de Morales.

O presidente argentino, Antonio Fernandez, também confirmou a viagem do boliviano.

“Então, me disseram que parecia que estava passando por tratamento de alguma coisa e teria que viajar. Ele tinha falado dias atrás comigo”, disse Fernández à rádio Continental, de Buenos Aires, quando perguntado sobre a viagem de Morales a Havana.

Morales passou por uma cirurgia de laringe em Cuba em abril de 2017, quando removeu um tumor benigno da corda vocal esquerda.

O ex-mandatário boliviano havia chegado em meados de dezembro à Argentina, onde pediu refúgio, depois de permanecer um mês como requerente de asilo no México após sua renúncia, em novembro do ano passado, sob pressão das Forças Armadas.

Alberto Fernández destacou que “nada o impede, como refugiado político, de viajar para Cuba”.

A viagem de Morales para Havana ocorreu horas após o Supremo Tribunal Eleitoral da Bolívia anunciar que havia observado sua candidatura para senador de Cochabamba por seu partido do Movimento pelo Socialismo (MAS).

A candidatura de Luis Arce à presidência também foi observada pelo MAS, em ambos os casos por não cumprirem alguns requisitos para se qualificar para as eleições do próximo dia 3 de maio.

*Com informações da EFE