Mulher morre após jovem fazer reféns em supermercado de Los Angeles

  • Por EFE
  • 22/07/2018 09h33
EFE/EPA/EUGENE GARCIA Policiais de Los Angeles investigam situação com reféns em supermercado de Los Angeles, na Califórnia

Uma mulher morreu depois que um jovem se entrincheirou durante horas com cerca de 50 reféns e trocou tiros com a Polícia em um supermercado no centro de Los Angeles, informaram neste domingo as autoridades da cidade.

Os fatos aconteceram na tarde de sábado em um supermercado em Silver Lake, um bairro próximo ao centro de Los Angeles (Califórnia).

“Levamos o suspeito sob custódia sem incidentes”, anunciou a Polícia local na sua conta da rede social Twitter.

Pouco depois, o prefeito, Eric Garcetti, informou em entrevista coletiva que uma mulher tinha morrido devido aos tiros do agressor e que o suspeito tinha um ferimento no braço.

As autoridades explicaram que o agressor, de 28 anos e cuja identidade não foi divulgada, tinha fugido antes de carro após disparar contra sua avó e outra mulher jovem no sul de Los Angeles.

A perseguição terminou depois que ele bateu seu veículo perto do supermercado, o que o levou a se entrincheirar no seu interior, onde nesse momento estavam cerca de 50 pessoas.

A tomada de reféns se prolongou por mais de três horas, com várias trocas de tiros, após as quais finalmente o suspeito se entregou à Polícia.