Mundo ultrapassa marca de 500 milhões de casos de Covid-19

Após o aumento vertiginoso de infecções registrado no início de 2021, o globo vivencia uma queda no número de contaminados pela doença

  • Por Jovem Pan
  • 14/04/2022 09h10 - Atualizado em 14/04/2022 09h15
EFE/EPA/ALEX PLAVEVSKI Pessoas fazem fila para teste de Covid-19 em uma comunidade residencial fechada em Xangai, China Com a disseminação da Ômicron na China, o país vivencia um surto local de Covid-19

O mundo ultrapassou a marca de 500 milhões de casos registrados de Covid-19. Às 8h30 desta quinta-feira, 14, a plataforma da Universidade Johns Hopkins contabilizava 501.970.999 contaminados pela doença no globo. A lista é puxada pelos Estados Unidos, que somam 80,5 milhões de infectados. Em seguida aparece a Índia, com 40 milhões. O Brasil ocupa o terceiro lugar, com 30 milhões de casos. Em janeiro 2021, com o avanço da variante Ômicron do coronavírus, considerava mais transmissível, o mundo bateu o recorde de infecções diárias consecutivamente, chegando a registrar 4 milhões de casos em um único dia. Após a onda da Ômicron, o mundo observa queda no total de contaminados. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), na semana passada, o mundo apresentou o menor número de mortes por Covid-19 desde 2020. Apesar da queda, o Comitê de Emergência da organização decidiu, por unanimidade, por manter o status de pandemia, uma vez que a doença ainda é uma emergência sanitária de preocupação internacional. Alguns países como a China, inclusive, ainda vivenciam surtos da doença. No início do mês, o país registrou maior número de casos em dois anos para apenas um dia (13.146).