Não recusamos diálogo com os EUA, mas devemos seguir regras da OMC, diz Merkel

  • Por Estadão Conteúdo
  • 28/05/2018 11h17
EFEO governo Trump anunciou tarifas dando como argumento a segurança nacional americana

A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, afirmou nesta segunda-feira que seu país não se recusa a dialogar com os Estados Unidos, como faz com outras nações. Na opinião dela, porém, isso deve ser feito no âmbito das regras estabelecidas pela Organização Mundial de Comércio (OMC).

Merkel fez as declarações ao ser questionada, em evento em Berlim, sobre as tarifas à importação de aço e alumínio anunciadas pelo governo do presidente americano, Donald Trump, e sobre a possibilidade de retaliações por parte da União Europeia. Ela disse que nem todas as tarifas estabelecidas em acordo de 1994 podem ser adequadas ao contexto atual, o que abre espaço para negociações. Para ela, porém, isso deve sempre respeitar as regras da OMC.

O governo Trump anunciou as tarifas dando como argumento a segurança nacional americana. Na avaliação da UE, contudo, a intenção era ganhar mercado para empresas americanas, o que abre caminho para retaliações do bloco. Não está claro, porém, se a UE levará isso adiante e Merkel não comentou diretamente a alternativa.