Netanyahu pedirá ao parlamento imunidade contra acusações de corrupção

  • 01/01/2020 15h47 - Atualizado em 02/01/2020 11h26
EFE/EPA/ABIR SULTANBenjamin Netanyahu é investigado por corrupção

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, disse que pedirá ao parlamento que lhe conceda imunidade nas acusações de corrupção, uma medida que deve adiar seu julgamento por meses.

Este pedido, feito nesta quarta-feira (1º), provavelmente suspende o julgamento até depois das eleições de março, quando ele espera vencer e assim ficar protegido contra as acusações.

O anúncio basicamente transforma a próxima campanha eleitoral em um referendo sobre se Netanyahu deve receber imunidade e permanecer no cargo ou deixar o cargo para ser julgado. Uma pesquisa recente indicou que a maioria dos israelenses se opõe a dar-lhe imunidade.

*Com Estadão Conteúdo