Nissan processa Carlos Ghosn no Japão e pede US$ 90 mi de ex-CEO

  • Por Jovem Pan
  • 12/02/2020 08h59
EFECarlos Ghosn é ex-CEO da Nissan

A Nissan Motor entrou com um processo contra Carlos Ghosn, ex-executivo-chefe da empresa. A companhia quer uma indenização de US$ 90 mi para cobrir os custos gerados por sua má conduta financeira.

O caso é mais um capítulo na batalha legal entre a montadora e o executivo, após a sua fuga do Japão para o Líbano. Ele processa a Nissan na Holanda, e pede 15 mi de euros (US$ 16,4 mi) pelo o que ele considera o fim irregular da joint venture entre a Nissan e a Mitsubishi Motors.

Ghosn nega ter cometido qualquer irregularidade.

* Com EFE.