Novo ataque do Boko Haram deixa ao menos cinco mortos em Camarões

O atentado aconteceu na ilha de Kofia, situada no lago Chade

  • Por Jovem Pan
  • 28/04/2019 12h28
ReproduçãoTrata-se do sétimo atentado dos jihadistas no país, desta vez na região do Extremo Norte de Camarões

Um novo ataque na noite de sábado (27) perpetrado pelo grupo jihadista Boko Haram no norte de Camarões deixou pelo menos cinco mortos.

O atentado aconteceu na ilha de Kofia, situada no lago Chade, segundo confirmou neste domingo (28) à Agência Efe uma fonte de segurança camaronesa da região.

Trata-se do sétimo atentado dos jihadistas no país, desta vez na região do Extremo Norte de Camarões, uma área onde são frequentes os ataques do Boko Haram, mas cuja presença tinha sido muito baixa no último ano.

“Os ataques se multiplicaram ao longo deste mês devido a um certo relaxamento das tropas camaronesas”, explicou à Efe o especialista em segurança Youssouf Paguain.

O governo de Camarões decidiu nos últimos meses reforçar a presença militar nas duas regiões anglófonas do oeste do país, onde o conflito com os grupos armados separatistas se agravou.

Segundo este especialista, isso fez com que diminuísse presença do contingente presente na região de influência da insurgência jihadista, que luta por impor um Estado islâmico na Nigéria e pretende transformar a área do lago Chade – que também compreende territórios de Níger, Chade e Camarões – em seu novo reduto.

Desde 2013, quando começou em Camarões a luta contra Boko Haram, houve mais de 200 mil deslocados no país, sobretudo na região do Extremo Norte.

*Com Agência EFE