Novo ataque em escola primária na China deixa dois mortos

  • Por Jovem Pan
  • 03/04/2019 14h15
PixabaySuspeito atacou várias crianças antes de ser detido pela polícia

Pelo menos duas crianças foram mortas e outras duas ficaram feridas depois que um homem entrou em uma escola no condado de Ningyuan, no sudeste da China, e as atacou com uma faca, informou nesta quarta-feira, 3, a imprensa local.

O suspeito, chamado Zheng, tem 31 anos. Ele chegou à escola primária por volta das 7h16 (hora local) e atacou vários alunos com uma faca antes de ser detido pela polícia.

Os dois estudantes feridos foram levados para instalações médicas, onde recebem tratamento, embora seus ferimentos não representem um risco para suas vidas.

As autoridades locais abriram uma investigação para tentar esclarecer as causas do fato.

Embora a China sempre tente manter sua imagem como um país seguro, os ataques em colégios têm sido bastante comuns.

Ontem, um professor de um jardim de infância na província de Henan foi preso por supostamente envenenar 23 crianças entre 4 e 5 anos de idade, uma das quais estava em estado grave.

Em janeiro do ano passado, dezenas de crianças ficaram feridas, três delas gravemente, depois que um ex-funcionário de uma escola primária em Pequim as atacou com um martelo.

Um dos ataques mais graves nos últimos anos nas escolas da China foi registrado em abril de 2018, quando um jovem de 28 anos matou nove pessoas com uma faca e feriu outras dez em uma escola no norte do país, supostamente por ter sofrido bullying na época em que foi estudante daquela instituição.

*Com EFE